Conhecendo o Vale Romântico do Reno e Mosela

Plano de Viagem


O Blog A Vida do Viajante aterrisou no Vale Romântico do Reno, uma das regiões mais turísticas e famosas da Alemanha e, como é de praxe, vamos mostrar tudo que visitamos e tirar suas principais dúvidas.

A primeira informação que você precisa saber é que o Reno é um dos maiores rios da Alemanha, mas o seu trecho mais explorado turisticamente é chamado de Vale Superior do Médio Reno, que corresponde a um trecho de 65km que vai de Rudensheim/Bingen até o encontro com o Rio Mosela, na cidade de Koblenz.








Esse pequeno techo é conhecido por ter uma das mais altas concentrações de castelos do mundo, são cerca de 40 fortificações, algumas em ruínas, outras transformadas em luxuosas residências/hotéis. Complementando a paisagem estão os canyons, cujas ingremes encostas, conhecidas como terraços do Reno, são usadas para cultivar uvas viníferas, responsável pela produção de um delicioso vinho produzido da mesma forma desde centenas de anos atrás.

Esta é uma região de pequenos vilarejos, com arquitetura e costumes tipicamente medievais, enriquecidas com o tradicional comércio das embarcações que circulam pelo Rio desde épocas remotas.

Semelhante ao Vale do Reno é o Vale do Mosela, funcionando como uma continuação do vizinho mais famoso. Embora menos dramático que o seu vizinho Reno, concentra praticamente os mesmos atrativos : diversas fortificações, vinículas e charmosos vilarejos  desde Koblenz até a antiga cidade Romana de Trier.

Duração do Passeio e Hospedagens


Embora não seja uma região muito extensa, a grande quantidade e as características das atrações demandam um bom tempo para que o viajante possa visitá-las e apreciá-las adequadamente. 

Não é uma viagem em que se possa simplesmente esgotar tudo o que tenha para se ver. Pelo contrário, o clima romântico e bucólico da região convida a um passeio mais relaxante. Há sempre de se arranjar tempo para curtir um entardecer com uma taça de vinho sentando nos bancos dos floridos jardins ao longo das margens dos Rios ou simplesmente se perder nas ruínas medievais de um Castelo que parece saído de um cento de fadas. 

Dessa forma, reservamos 2 noites de hospedagem no Vale do Reno e mais outras 2 noites para conhecer o Vale do Mosela. Nossos planos eram ambiciosos : conhecer a maior quantidade de castelos possíveis intercalando algumas paradas estratégicas nos vilarejos medievais típicos da região.

Embora Koblenz possa concentrar a melhor infra-estrutura da região, decidimos procurar hospedagem em cidades menores da região, onde poderíamos ter mais tempo para relaxar e, dentre outros benefícios, ficar mais próximo de ter uma das raras experiências na vida de sentir-se rei por pelo menos uma noite e dormir em um verdadeiro castelo medieval.

Meio de Transporte

Apesar de ser uma região bem bucólica, é dotada de uma excelente infraestrutura de transporte. É possível fazer praticamente toda a rota de trem, carro, bicicleta e de barco. No nosso caso, como viajávamos com criança e precisávamos nos deslocar um pouco mais rápido, optamos pelo carro alugado.

Foi bastante útil em alguns momentos para se chegar em alguns castelos com acessos mais complicados, como o Burg Eltz. Mas com mais tempo na região, certamente não deixaríamos de realizar o passeio de barco. Mas sempre é bom ter um motivo para voltar não é verdade?

Custos


Por se tratar de uma região bastante turística, os custos não são dos mais baratos da Alemanha. Com exceção de Koblenz, uma cidade relativamente grande, a grande maioria das hospedagens possuem poucos leitos, o que contribui para encarecer o preço da hospedagem na região em época de alta temporada. Por outro lado, a grande concentração de Castelos transformados em hotéis pode significar sua melhor  oportunidade de dormir uma noite em um castelo de verdade. De uma forma geral, a concorrência é limitada, inclusive em restaurantes, e dependendo da época do ano, isso influencia no custo da região.


Clima


O tempo é normalmente chuvoso e bastante frio fora da alta temporada que acontece no quente da Primavera até a época da Vidima, a colheita das uvas,  onde ocorrem várias festas em comemoração às colheitas em quase todos os vilarejos ao longo das margens dos Rios.

Roteiro Detalhados


Para destrinchar bem nossos roteiros, vamos detalhar em várias  partes :

1) Vale do Reno Parte I - De Niederwalddenkmal até o Burg Rheinstein
2) Vale do Reno Parte II - Burg Reichenstein e Burg Sooneck : Os Castelos dos Barões Gatunos
3) Vale do Reno Parte III - Bacharah
4) Vale do Reno Parte IV - Como é dormir em um verdadeiro castelo medieval, o Burg Schonberg
5) Vale do Reno Parte V - Burg Mause, Burg Katz , Marksburg e Loreley
6) Conhecendo o Vale do Mosela : Burg Eltz
7) Conhecendo o Vale do Mosela : Trier e Bernkastel Kues
8) Conhecendo o Vale do Mosela : Cochem
9) Conhecendo o Vale do Reno e Mosela : Koblenz

 Nos vemos nos próximos posts.