[VALE DO RENO] Parte IV - Castelos Liebenstein e o invencível MarksBurg

Castelo Liebenstein


Nosso objetivo neste dia seria explorar a região entre Bacharach e o Castelo Marksburg. E não tardamos a encontrar as atrações, logo no começo da estrada avistamos o Castelo Pfalzgrafenstein.


Burg Pfalzgrafenstein
Construído em 1326, fica situado em uma ilha, e possui um curioso formato que fez Victor Hugo retratá-lo como um barco de pedra. Apesar do aspecto romântico das suas torres e localização, o verdadeiro propósito da construção era bem mais prático : sua atribuição principal era cobrar impostos dos navios que seguiam em direção a cidade de Colônia.




Continuando de carro pela margem esquerda logo chegamos em St Goar, onde fica o Castelo de Rheinfels. Da outrora  maior e mais importante fortificação de toda a região, hoje restam apenas as ruínas, resultado de um bombardeio feito pela França em 1797. As imensas muralhas se avistam de vários pontos diferentes da região.

Ruínas do Reno

Era chegada a hora de finalmente visitar as atrações da margem direita , e para isso é preciso pegar uma balsa, já que são raras as pontes nessa região. Durante a travessia do Rio Reno avista-se as ruínas de Rheinfels e os Burg Katz e Maus.

Balsa de travessia

Burg Katz




No caminho, fizemos mais uma parada , desta vez em um dos castelos conhecidos pela lenda dos irmãos hostis. Conta-se que dois irmãos se tornaram inimigos por conta da disputa da herança de um conde muito rico. Um deles tomou posse do Burg Liebenstein, e o outro do vizinho Burg Sterrenberg. Mas a hostilidade entre os irmãos era tamanha, que foi necessário construir uma potente muralha separando as duas fortificações. Uma vertiginosa subida leva até o restaurante aberto para o público do Burg Liebenstein, onde curtimos um café acompanhado pela bela vista.




Hotel-Restaurante Liebenstein

Vista para o Burg Burg Sterrenberg

O lugar também oferece hospedagem e o site adverte que eles tem até seu próprio fantasma : a "Baronesa de Liebenstein" que de vez em quando aparece a noite para assustar os turistas na escada que leva aos quartos de hospede. Bem, embora a curiosidade fosse grande, decidimos passar essa experiência e seguir viagem antes de anoitecer.

Nada como um café para se reestabelecer


Castelo Marksburg


Ainda pela margem esquerda pegamos a estrada até chegar a Braubach, a cidade que abriga ao castelo melhor preservado de todo o Vale do Rio Reno : o Marksburg. Já da estrada a vista é de tirar o fôlego.




É o único da região que nunca foi invadido por inimigos, graças a sua privilegiada posição. Construído em 1117 e em 1231 , ainda hoje é um importante ponto de referência e sinônimo da grandeza militar medieval. A vista da região é algo espetacular.

Vista do Marksburg para a cidade de Braubach
A visita guiada é outro forte motivo para você visitar esse Castelo. Primeiro, porque há guias que falam Inglês, uma raridade na região e, segundo, porque você estará praticamente em uma grande museu a céu aberto. São mais de 700 anos de história que ficarão muito mais vivas com a visita guiada. As mobílias são bem representativas de época, a sala de armas é um show a parte, mas as torres, vistas e a rústica escadaria dos cavaleiros foram os pontos altos da nossa visita.

Mobílias de época dão um toque especial

Fantástico castelo com vistas pitorescas


Sala de armas

Gostou da nossa visita? Aqui estão alguns sites para você procurar mais informações.



Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...