[ALEMANHA] Rota dos Castelos Parte 2 : Roteiro de 3 horas em Bad Winpfel

Bad Wimpfen - A cidade-spa


No post anterior começamos nossa viagem de carro pela Rota dos Castelos na região próxima ao Rio Neckar. Visitamos Schwabish Hall e agora chegamos em Bad Wimpfel, uma pequena cidade às margens do Rio Neckar, e que  se destaca pelos prédios do antigo castelo da cidade (KaiserPfalz), em particular a belíssima Blauer Turm (Torre Azul).

Sua origens remontam à época do antigo Império Romano. O lendário Imperador Barbarossa, um dos pioneiros a personificar o ideal de unificação dos diversos povos germânicos, ainda no século XII, manteve aqui uma fortificação de grande importância, dando origem ao povoado que mais tarde  se transformou em importante centro eleitor do palatinato do Sacro Império Romano Germânico.

Roteiro de 3 horas

Para alegria de todos, é possível percorremos as ruas do seu pequeno centro histórico em pouco tempo. Fiz um mini roteiro de 1,3 km do guia Michelin. Vários prédios históricos possuem placas com o nome e breve descrição, muito útil para o turista com um dicionário de alemão na mão.







Exibir mapa ampliado


Comece pela praça principal, Marktplatz, onde está a Igreja da cidade, tambem convertida em Evangélica com a Reforma Protestante, a exemplo da Michaelskirche de Swasbisch Hall.

Igreja Evangelica da cidade de Bad WImpfen

Andando no sentido do mapa você estará andando pelo território que um dia compôs o maior palácio romano ao norte dos Alpes, o KaiserPfalz. Observe agora a Blauerturm, uma torre de guarda construída no século XI e que ficou ativa até o século XVIX. Até hoje é o principal ponto de referência da cidade. Igualmente surpreendente é a casa de pedra, provavelmente a antiga ala feminina do palácio e é conhecida hoje como a maior residência de origem romana na Alemanha.

Torre Azul da Kaiserpfalf
Placas nos monumentos históricos


Casa de Pedra - Prédio que fez parte do Castelo
Perto da extremidade do antigo Pfalz, se tem uma vista interessante do Vale do Rio Neckar, o mesmo que margearemos de carro em seguida para conhecer vários castelos até chegar a Heidelberg.

A região é densamente povoada

O rio Neckar

Panorâmica do alto do Castelo

Águas subterrâneas são comum na cidade SPA 
Alias, a abundância de água é uma marca característica da cidade. Bad em alemão significa Spa e até hoje milhares de turistas aportam na cidade todos os anos para tomar banhos nas famosas estâncias com águas naturais.A maioria das estâncias atual provem de escavações feitas em antigas minas de sal, que devido as características do solo passaram a inundar com uma água bastante terapêutica.

Depois de admirar a vista do alto , desça até a cidade baixa admirando um fantástico casario enxaimel e ruas medievais repletas de atrações.




Ruas medievais
Construções belissimas

Casas que parecem saídas de livros de história


A diferença nos detalhes
Muitos prédios históricos




A cidade possui ainda uma boa variedade de igrejas de destaque. Além da Igreja Protestante situada na parte alta da cidade (Wimpfen am Berg), há ainda a católica Igreja de São Pedro,  um pouco longe do centro histórico na cidade baixa (Wimpfen am Tal). Na minha visita, encontramos aberta apenas a Dominikanerkirche , uma  igreja paroquial católica que, embora muito bonita, não  era tão impressionante quanto outras que já havíamos visitado.

Curiosa placa da Igreja Paroquial Católica do sec 13
E assim nos despedimos de Bad Wimpfen, e pegamos a estrada para conhecer os castelos do Vale do Rio Neckar.