[ALEMANHA] Frankfurt - Roteiro detalhado de 1 dia

Frankfurt - A cidade

Frankfurt, assim como Innsbruck,  é mais um caso de cidade polêmica. Pouco querida por alguns viajantes, a maioria usa somente o enorme aeroporto da cidade, o terceiro maior da Europa, e já parte rapidinho para outro lugar considerado mais turístico.

Isso se deve em grande parte ao perfil da cidade ser diferente do que o turista normalmente procura na Alemanha. A cidade foi bombardeada severamente na 2ª Grande Guerra Mundial e perdeu quase todo seu patrimônio histórico. Porém, ao lado de modernos edifícios envidraçados, grande parte dos prédios foram reconstruídos seguindo os planos originais, como se pode admirar na mais famosa praça da cidade : a Romerberg..

Frankfurt pode ser considerada atualmente o coração financeiro da Europa, onde estão localizadas as sedes dos principais bancos nacionais e da famosa bolsa de valores de Frankfurt. A cidade é repleta de enormes torres modernas envidraçadas de grandes companhias financeiras internacionais (daí o apelido de Mainhattan, em alusão ao rio Main e ao distrito financeiro de New York)

Mas Frankfurt não é somente isso, quem busca os tradicionais monumentos históricos e museus não deve subestimar essa bonita cidade, que possui uma boa infraestrutura urbana, com excelente hotéis, um extenso sistema de metrô e conexões para diversas outras cidades pela estação de trem principal. Para o turista, a cidade pode ser conhecida em pouco tempo, resumindo-se basicamente a parte comercial ao redor da Hauptwache , a Romerberg e o bairro boêmio de Sachesenhausen.



Frankfurt - O centro histórico


Para explorar o centro histórico segui um roteiro de 3,6 km bem resumido que dá pra ser feito mesmo somente em uma tarde/noite. Se você tiver mais tempo, não esqueça de incluir algum museu, ou pelo menos a Goethehaus, a casa do filho mais ilustre da cidade.





O Roteiro começa pela Konstablerwache, uma bonita praça que dá acesso ao principal calçadão comercial da cidade, chamado de Zeil. Uma caminhada muito agradável pela via de pedestres bem arborizada passa pelas mecas do consumo alemão : a Karlstadt e a galerias Kauhof, imensas lojas de departamento onde pode se encontrar de quase tudo. Porém, mesmo que não é consumista dá para aproveitar bastante uma vista incrível do skyline da cidade, confira o vídeo abaixo :

video


Ficou curioso ? Pois é só entrar na Zeilgalerie , situado na Zeil 112-114, e pegar o elevador panorâmico até o último andar. De lá procure a escada do lado oposto que leva até um mirante com esta vista magnífica da cidade, e o melhor : é gratuito, isso mesmo... o que poderia ser melhor?


Hauptwache, Katharinenkirche e Skyline de Frankfurt

Skyline de Frankfurt

Mesmo nesta parte mais comercial do centro já dá para perceber algumas (re)construções históricas da cidade. A região mostrada no vídeo é uma das mais movimentadas do Centro. Ao redor da Hauptwache, antiga sede da guarda da cidade livre de Frankfurt, hoje um luxuoso café, é bastante movimentada e abriga  bons restaurantes, mas também monumentos históricos como a Katharinenkirche. Um pouco mais a leste fica a antiga opera da cidade, a Alter Oper.



Hauptwache
Refaça seus passos até a Hauptwache, virando a direita na Liebfraustrasse. Admire as belas Igrejas pelo caminho : Katharinenkirche, Igreja de Nossa Senhora e logo mais a frente, a Igreja de São Paulo ou Paulskirche , um antigo templo luterano de 1789 até 1849, quando se tornou o local de encontro do Parlamento de Frankfurt, então uma cidade livre do Sacro Império Romano-Germânico.

Paulkirche

PaulPlatz

PaulKirche

Na altstadt o destaque fica por conta da praça romana, a Rommerberg, uma das mais agradáveis que conheci em toda a Alemanha tanto de dia quanto a noite. É repleta de casarios em estilo enxaimel reconstruídos após a segunda grande guerra. Não perca a Romer, parte da antiga prefeitura da cidade, as construções conhecidas como Ostzeile , na porção leste da praça e a Nikolaikirche, igreja do século XI.

Romer a noite
Romer a noite
Romer a noite
a Romer

A ostzeille

Um pouco adiante encontra-se a  Catedral de São Bartolomeu, local de coroação de reis e imperadores do Sacro Império Romano a partir de 1562, por isso também a Igreja é conhecida como KaiserDom.

A estilosa Igreja de cor rosácea possui uma inestimável quantidade de obras de arte, entre elas a Maria-Schlaf-Altar , uma interessante representação de um funeral de Maria, mãe de Jesus, o único altar original da kaiserdom de 1434. A Catedral possui um acervo muito rico de obras de arte e recomendo muito a visita. É gratuita e fica aberta até a noite.

KaiserDom
Murais da KaiserDom





Esculturas da KaiserDom

Maria Schlaff Altar

Maria Schlaff Altar

Frankfurt - O bairro boêmio e as tavernas de apfelwein


Um dos recantos mais interessantes da cidade fica na outra margem do rio Main, no bairro conhecido como Sachesenhausen. A parte antiga do bairro, abriga diversas tradicionais tavernas da bebida oficial de Frankfurt : o apfelwein, um vinho de gosto singular feito de maçã. As tavernas ficam em diversos pontos, entre eles na Rittergasse e Wallstrasse.

Conheci duas tavernas na região. Na minha primeira viagem, entramos em uma pequena taverna de uma simpática senhora que mal falava inglês, o Barbarossa Schanke. O ambiente era parecido com o de um pub, mas infelizmente o odor de cigarro tornava a permanência para uma refeição impraticável. Acabamos comendo uma massa no Pizza Pasta Factory, restaurante simples, mas com excelente atendimento e boas massas, que podem se acompanhadas por uma deliciosa taça de advinhem? Apfelwein, claro. Foi aí que descobrimos que existe uma versão menos estranha da bebida, mais doce e mais saborosa que a tradicional versão azeda.

Taverna local de Apfelwein
Depois voltei para conhecer uma taverna maior e mais turística, a Wirtschaft Fichtekränzi. Diferentemente da Barbarossa, essa taverna estava lotadíssima em plena terça-feira de uma noite de inverno. Muitos turistas, alguns nem chegam a provar o Apfelwein e bastante gente pedindo os pratos para jantar. As mesas são compartilhadas no melhor estilo biergarten, muito bom para conhecer novas pessoas e trocar experiências. O apfelwein dela é menos azedo que o da Barbarossa e demais versões engarrafadas que já tinha provado.


Wirtschaft Fichtekränzi


  • Dicas :

    • A parte nova do bairro abriga uma boa quantidade de museus localizados à beira do rio. O melhor deles é o Stadelsches Kunstinstitut, que começou com a coleção particular de um banqueiro e hoje abriga uma das maiores coleções de obra de arte de toda a Alemanha.
    • Não perca a vista da plataforma panorâmica no topo da Zeilgalerie
    • A rommer é linda tanto de dia quanto a noite e a kaiserdom fica aberta até bem tarde;